Fotografia para quem não é fotógrafo, toyart e café

Categoria Câmeras de Ação

Siga no Instagram

Qual a Diferença Entre as Tampas Traseiras da GoPro?

Durante muito tempo, eu me recusei a ler manuais de instrução. Principalmente durante a minha adolescência, eu como boa ariana mandava o “eu posso resolver sozinha” e jogava o manual num canto. 99% eu dei sorte, prática ou sei lá, mas já aprendi que uma lidinha no manual e nas etiquetas das coisas é sempre uma boa.

Qual a Diferença Entre as Tampas Traseiras da GoPro?

Tempos atrás eu recebi um email perguntando qual a diferença entre as tampas traseiras da GoPro. Como vem uma etiqueta em todas elas e ninguém nunca tinha me feito essa pergunta, respondi via email mesmo e toca a vida. Daí de novo. E outra vez. Aí ficou claro que muita gente não lê as etiquetinhas boniticas que vêm coladas nas tampas, então cá estamos.

As tampas traseiras são para a caixa estanque, que já vem com a GoPro e permite tanto que você use ela na água quanto encaixe tripés, coloque em capacetes, bóias e coisas assim. São basicamente 3 tampas, vamos ver?

Qual a Diferença Entre as Tampas Traseiras da GoPro?

Tampa Padrão:

É a tampa que já vem na caixa estanque, que é toda fechada e permite que você use a câmera na água até 40 metros de profundidade.

Qual a Diferença Entre as Tampas Traseiras da GoPro?

Tampa Esqueleto:

É a tampa ideal pra quem vai filmar, desde que não seja na água. Como o microfone da câmera fica um pouco abafado na tampa padrão, essa tampa – como o nome já diz – é um esqueleto, aberta para o som do microfone ficar bem bom nas gravações. Obviamente não é a prova d’água, ou seja, cuidado!

Qual a Diferença Entre as Tampas Traseiras da GoPro?

Tampa Touch BacPac:

Sabe aquela tela LCD pra GoPro que eu uso e mostrei nesse post? Então, essa tampa é para ser usada com ela já que a traseira da tampa é num material diferente que te permite tocar a tela e mexer nas configurações da câmera e tudo. Também é a tampa que você deve usar se usa uma bateria extra acoplada na GoPro, já que essa tampa tem uma largura maior que as outras, justamente pra acomodar essas coisas extras. Também é a prova d’água, mas como essa parte touch é um material um pouquinho mais frágil, só pode ser usada até 3 metros de profundidade, não 40 como a tampa padrão.

 

E aí? Fácil de entender? Atenção na hora de encaixar a tampa certa. 🙂

Já me segue? Instagram30 Days of ToysTwitterFacebookYoutube • Snapchat (luhtestoni)

Fotografando a Estrada com a GoPro

Como já contei essa semana e você pode ter notado se me acompanha no Instagram, passei o feriado rodando por aí. Minha prima casou em Sorocaba e como minha família resolveu ir de carro pra lá, eu ganhei oito loooongas horas de paisagem pra ver e tentar fotografar pra passar o tempo.

Por que tentar? Porque nem sempre é fácil fotografar num carro em alta velocidade, caso você nunca tenha experimentado. Como mostrei nesse post auto depreciativo aquia pedidos, já estou trabalhando na segunda parte – tem horas que o negócio é enquadrar o melhor que puder usando o equipamento mais rápido possível e nessas horas, eu sempre peço ajuda pra GoPro.

Tô usando uma Hero 3+ Black desde Janeiro e na estrada sempre apelo pra ela. É a melhor maneira – pelo menos pra mim – de conseguir umas fotos bacanas da estrada, que peguem bastante os lugares e com imagens bastante nítidas. Evitem celular nessas horas, viu? fiz trezentas fotos, não salvou nada. Fora o medo de deixar o celular cair da janela e ter que chorar no acostamento.

Tem gente que faz essas fotos com a GoPro filmando e depois vai salvando os quadros que ficaram Ok, eu já prefiro fazer usando o timelapse. Ponho pra fazer uma foto a cada segundo e depois já consigo ver ali no celular mesmo – ou na tela LCD que mostrei aqui – e salvar o que gostei.

Já que eu tinha tempo sobrando, passei todas elas pro celular via GoPro App e editei ali mesmo usando o Snapseed. Vontade maluca de fazer uma série só com a GoPro? Sim, por favor, me segurem.


GoPro em viagens Luh Testoni GoPro em viagens Luh Testoni GoPro em viagens Luh Testoni GoPro em viagens Luh Testoni GoPro em viagens Luh Testoni GoPro em viagens Luh Testoni GoPro em viagens Luh Testoni

Já me segue? Instagram30 Days of ToysTwitterFacebookYoutube • Snapchat (luhtestoni)

O que levar pra fotografar nas viagens não fotográficas.

O que levei pra fotografar em viagem

Em Junho eu passei bastante tempo viajando. Fui ao interior do estado algumas vezes, fui até Porto Alegre e claro, tentei fotografar nesses lugares. Digo “tentei” porque em nenhuma das viagens eu consegui ser fotográfica como eu gostaria infelizmente, mas enfim, a questão desse post não é essa. Enquanto eu estava fora, muita gente perguntou o que eu estava usando pra fotografar nessas andanças e hoje vou contar porque meu atual lema pra andar na estrada é carregar cada vez menos coisas.

No começo do mês quando fui ao interior do estado CRENTE que ia fotografar feito louca, eu transformei o porta-malas do carro num caminhão de mudança: tinha tripé, monopé, 4 ou 5 lentes, coisas pra fotografar com o celular, duas câmeras de ação e 200 toys, JURANDO que eu ia usar tudo isso. Óbvio que não usei. Não tava numa expedição fotográfica e sim numa viagem de família, tinha outras coisas acontecendo ao meu redor pra que eu tivesse tempo de ficar trocando lentes 25 vezes.

Resumindo? Usei a Canon com a 40mm, o celular e a GoPro. O resto nem saiu do carro.

Daí na semana seguinte, já meio traumatizada com a quantidade de coisa carregada por nada, fui para Porto Alegre. Aí ainda tinha o agravante de que eu estava indo de avião e ia ter que ser econômica na marra, então parei pra pensar um pouquinho e uma luz se fez (olha o drama):

O que levei pra fotografar em viagem

Já que eu não podia carregar tudo, o negócio era carregar coisas que fossem pau pra toda obra.

E assim foram de novo a Canon com a lente 40mm ( é fixa, mas eu uso pra tudo), o celular e a GoPro. Deu pra fazer tudo o que eu queria, ser parecer uma louca carregando coisas e ainda com uma mala leve que não me deu trabalho nenhum.

A questão é: se você não estiver viajando DE FATO pra fotografar, porque aí a coisa muda um pouco de figura, tente levar coisas que sirvam na medida do possível pra tudo. Assim você economiza espaço, peso e consegue fotografar bastante enquanto passeia. 🙂

Instagram30 Days of ToysTwitterFacebookYoutube • Snapchat (luhtestoni)

Já me segue? Instagram30 Days of ToysTwitterFacebookYoutube • Snapchat (luhtestoni)

Brincando com a GoPro no feriado

Então, como eu também sou filha de deus, fui descansar no feriado. Minha família mora numa cidade aqui no interior de Santa Catarina e esse mês meu tio mais velho faz 80 anos, então lá fomos todos pra lá. Acabei levando um mooooonte de coisa pra fotografar, achando que teria tempo e tudo, mas né? família grande, tive tempo não! De qualquer forma, arrumei um tempinho pra usar a GoPro com a tela LCD, já que falei dela nesse post mas ainda não tinha usado.

Eu não sou uma pessoa muito esportista, apenas no verão quando resolvo mergulhar e essas coisas, então minha GoPro é muito mais pra fotos ao ar livre e umas coisas diferentinhas do que qualquer outra coisa. A tela LCD é realmente MUITO útil. Facilitou horrores pra mim na hora de montar a foto, escolher ângulo e essas coisas. Parei de me perder feito uma desesperada e consegui pensar as fotos com mais calma.

Sobre a bateria com a tela LCD: como eu não filmei nada, apenas fotografei, minha bateria durou uma semana tranquilamente, só coloquei pra carregar agora de manhã ( segunda) enquanto escrevo esse texto. Com filmagem é certo que a bateria vai bem mais rápido, mas pra mim que praticamente não filmo, uma semana de bateria tá muito melhor do que a encomenda.

GoPro Luh Testoni Primeira à Esquerda
GoPro Luh Testoni Primeira à Esquerda
GoPro Luh Testoni Primeira à Esquerda
GoPro Luh Testoni Primeira à Esquerda
GoPro Luh Testoni Primeira à Esquerda
GoPro Luh Testoni Primeira à Esquerda
GoPro Luh Testoni Primeira à Esquerda
GoPro Luh Testoni Primeira à Esquerda

Pra mim, acabou valendo a pena a tela LCD. Semana que vem, quando eu voltar da próxima viagem, a gente conversa sobre ela um pouco mais.

E caso você ainda não me siga nas outras redes, chega lá! Tem meu Instagram, tem também o @30daysoftoys, Twitter, Facebook e você pode me achar também no Snapchat ( luhtestoni).

Já me segue? Instagram30 Days of ToysTwitterFacebookYoutube • Snapchat (luhtestoni)

Wishlist Fotográfica: Acessórios GoPro!

Como falei essa semana lá no grupo do Viber e no Instagram ( chega lá!) tenho criado um certo apego com a minha GoPro ultimamente. Peguei ela no começo do ano, fiz algumas fotos legais na água e ficou por isso durante meses, até eu enfiar na cabeça que posso tirar muito mais proveito dela do que imaginei no início. Aí, semana passada chegou essa tela LCD pra GoPro aqui e eu REALMENTE me apeguei, andando com ela direto e modéstia a parte, fazendo umas coisinhas bacanas que ando postando lá no Instagram.

Aí claro, sendo essa pessoa louca que eu sou, meu cérebro já começou a trabalhar feito um desesperado pensando em séries, temas e milhões de coisas que posso fazer, e por isso, comecei até a pesquisar acessórios e coisas novas pra GoPro. A vontade é de querer tudo? é. Mas escolhi 5 coisas que acho que podem ser úteis num futuro próximo, quando eu puder compra-las, obviamente:

 

 

Wishlist Fotográfica_ Acessórios GoPro!
  1. Suporte 3 Way: que coisinha bem maravilhosa, viu? Garra de câmera, extensão de braço ( vulgo pau de selfie) e tripé tudo numa coisa só. Já facilitaria a vida, já que eu ando com tripé, monopé, tudo atrás de mim o tempo inteiro.
  2. Eu jamais vou entender porque uma GoPro, um equipamento relativamente caro e cheio de peças pequenas, não vem com uma maldita case pra guardar as coisas. Preciso de uma antes que perca metade dos encaixes, sério.
  3. Carregador duplo de bateria: olha, a tela LCD não tá gastanto tanto a minha bateria como falaram que gastaria e tudo, mas ficar com a câmera grudada no computador enquanto carrega e você fica ali não é lá muito prático.
  4. Bastão flutuante: Eu tenho CERTEZA que se um dia perder minha GoPro, vai ser no mar. Eu admito que sou pateta, mesmo tendo morado a vida inteira na praia. Pra uma onda maior vir e eu me atrapalhar toda, não custa nada.
  5. Cinturão para suporte peitoral: Pensei nesse por um motivo apenas: eu AMO montanha russa e tenho vontade de fotografar TODAS ELAS, mas de novo, sou pateta e certeza que deixaria cair a câmera se ficasse segurando. Obrigada, GoPro, por pensar nos desprovidos de coordenação motora.

E você? usa uma GoPro? Que acessórios você quer muito usar?

 

Já me segue? Instagram30 Days of ToysTwitterFacebookYoutube • Snapchat (luhtestoni)

Unboxing: GoPro Hero3+ Black Edition

Quando eu dei as minhas impressões sobre a Polaroid Cube aqui, falei que logo queria começar a usar a GoPro, lembram? então, cá estamos. Faz duas semanas que estou com uma GoPro Hero3+ Black Edition e hoje é dia de unboxing, mesmo que sim, eu já tenha tirado da caixa faz tempo!

Unboxing GoPro Hero 3 Black Edition

Falando em caixa, deixa eu desabafar: a caixa é linda, super organizada, vem tudo certinho mas: QUE DRAMA pra tirar a câmera de dentro! A minha ainda veio com o Wi-Fi remote e eu juro que tava quase sentando no chão e chorando por não conseguir tirar a câmera de lá. Ainda bem que eu não resolvi fazer o unboxing em vídeo, porque teria sido um desastre. A sensação foi essa:

Sheldon Cooper

 

A GoPro Hero3+ Black Edition tem uma resolução de até 12MP, lente grande angular imersiva  f/2.8 ( pra ter ideia, 2.8 é a mesma abertura da minha lente 40mm da Canon), alcance de foco 30cm/infinito e vídeo em 4K full HD. Como falei, esse post é só um unboxing, semana que vem tem as minhas impressões. Tem algumas coisas que ainda não testei e quero fazer antes de falar da minha experiência com ela, então calmaê, minha gente!

Mas ok, depois que você passa pelo drama de abrir a embalagem, a coisa toda fica divertida. Eis o que vem na caixa maligna:

Unboxing GoPro Hero 3 Black Edition
  1. Suportes e pivô ajustável
  2. Cabo HDMI
  3. Cabo USB
  4. Adesivos de base
  5. Porta pra caixa estanque ( não é a prova d’água, mas melhora o som das gravações)
  6. GoPro e caixa estanque
  7. Anel adaptador pra Wi-Fi remote

 

Unboxing GoPro Hero 3 Black Edition

Além disso tudo, a minha já veio com o Wi-Fi Remote, que facilita a vida mil vezes se você está usando tripé, monopé, pau de selfie ou qualquer coisa do tipo. Como usei muito mais o aplicativo pra iPhone do que o controle, também vou dar um passo a passo das duas opções no próximo post.

Detalhe importante: a GoPro funciona com micro SD cards que não vem com a câmera, portanto, se você estiver de olho numa dessas, já compre também um cartão ou vai ter que ficar olhando pra câmera sem poder usar.

Unboxing GoPro Hero 3 Black Edition

 

Matando a curiosidade, essa é a GoPro Hero3+ Black Edition e as coisas que vem com ela. Já fotografei um pouco e usei na água, mas quero testar um pouco mais antes de fazer um post com as minhas impressões. O que já fiz com ela tá lá no meu Instagram se você quiser conferir. Por enquanto, você pode ver o post que fiz sobre a Polaroid Cube, a versão colorida e mais modesta da GoPro.

E aí, você tem alguma câmera de ação? Conta aí!

Já me segue? Instagram30 Days of ToysTwitterFacebookYoutube • Snapchat (luhtestoni)